Nutrição

Infantil

Nosso hábito alimentar começa a ser construído na infância. Por isso, essa fase é tão importante! Nela, é possível determinar ou começar a prevenir muitas doenças da fase adulta. Alimentar-se vai além de simplesmente nutrir o corpo, envolve emoção, capacidade de se relacionar com os alimentos, prontidão, memórias positivas ou negativas e muitos outros fatores.

Nos atendimentos são trabalhados introdução alimentar, adequação nutricional como um todo, reeducação alimentar sem dietas, alergias alimentares e dificuldades alimentares.

O tratamento para dificuldades alimentares é diferenciado, pois é realizado através de TERAPIA ALIMENTAR, antecedida de uma consulta e avaliação. Com a terapia, é possível aumentar a variedade alimentar de forma gradual, aproximando a criança aos alimentos, seguindo os passos necessários, de forma respeitosa e lúdica.

O que é Terapia Alimentar?

A Terapia Alimentar tem como objetivo de aproximar a criança aos alimentos, com a quebra de paradigmas, dessensibização sensorial, criando um vínculo alimentar e estabelecendo uma rotina alimentar saudável e prazerosa.

Aproximação da comida através de atividades lúdicas direcionadas:

Como funciona a consulta?

Quando procurar um nutricionista para o meu filho?

Crianças

Famílias

Existem alguns tipos de dificuldades alimentares que acometem as crianças:

Recusa Alimentar

É um comportamento típico da primeira infância, caracterizado por comportamentos como: fazer birras, demorar a comer, tentar negociar o alimento que será consumido, levantar da mesa durante a refeição e beliscar ao longo do dia.

Seletividade Alimentar

É caracterizada por recusa alimentar, pouco apetite e desinteresse pelo alimento. É um comportamento típico da fase pré-escolar, mas, quando presente em ambientes familiares desfavoráveis, pode acentuar-se e permanecer até a adolescência e vida adulta;

Dificuldade Alimentar

Também conhecida como SELETIVIDADE ALIMENTAR EXTREMA, porém neste caso as variedades de aceitação são ainda mais restritas, ocasionando uma monotonia alimentar em muitos casos e ainda desnutrição sub-clínica;

Adulto

A busca incessante pelo peso ou corpo desejado está fazendo com que as pessoas deixem de manter uma boa relação com o seu próprio corpo, ignorando muitas vezes os sinais que ele nos manda diariamente, como por exemplo a fome e saciedade.

Os modismos e a falta de orientação faz com que aumente cada vez mais o número de pessoas com uma má relação com a comida.

Quando procurar um nutricionista ?

O que a Nutrição Comportamental pode te ajudar?

Já se sabe que não é apenas um cardápio ou dieta que irá mudar os hábitos de uma pessoa, há muitas outras questões importantes a serem levadas em consideração, tais como:

A Nutrição Comportamental é uma abordagem cientifica e inovadora, que inclui os aspectos fisiológicos, sociais e emocionais da alimentação.

O nutricionista com habilidades em Aconselhamento Nutricional trabalha com ferramentas cognitivas-comportamentais que ajudam o paciente na mudança de hábitos e crenças alimentares, ressiginificando e melhorando a relação do indivíduo com a comida, dando todo o suporte necessário para montar o planejamento alimentar e estruturação de rotina.

Quer entender melhor como funciona? Entre em contato conosco e converse com nossos especialistas.

Conheça nossos nutricionistas

Jaqueline Manzano Estavam Olímpio

CRN3 48875

Nutricionista formada pela Universidade Nove de Julho. Pós-graduada em Comportamento Alimentar pelo IPGS em 2018. Com capacitações nas áreas de Dificuldades Alimentares na infância e Autismo.

Presta atendimento no Espaço Conviver e Aprender para crianças com queixas de dificuldades alimentares, Autismo e obesidade.